Como desenvolver um bom currículo

O currículo (CV) é um dos seus bens mais valiosos. É ele quem dita seu futuro profissional, para quem o lê. É com ele que você vai conquistar a tenção dos recrutadores e empresas.

Umas das maiores dificuldades encontradas por todos os tipos profissionais é de como escrever um bom currículo. Veja algumas das questões abaixo que são postas em dúvida pelas pessoas:

– Devo colocar minha idade no currículo?

– Incluir que sou casado/solteiro, faz sentido?

– Dizer que tenho curso de inglês tanto no Brasil quanto no exterior é importante?

– Devo colocar toda a minha tragetório profissional no CV?

– Quantas páginas deve ter o meu CV?

Essas são apenas algumas questões que ficam no ar. E pra quem está procurando uma nova posição no mercado, aqui vão algumas dicas de como escrever um bom currículo:

1 – Nunca coloque sua idade, estado civil, CPF, Identidade e coisas do tipo

      Por que? Porque, primeiro, sua idade será percebida em sua tragetória profissional e acadêmica. Segundo, você quer um novo emprego ou sair do SERASA/SPC ou entrar num novo relacionamento amoroso? Portanto nada de informações que não interessam quem vai ler seu CV.

2 –  Se você fala inglês, espanhol ou outra língua, é bom que saiba se comunicar nos idiomas mencionados. Talves você seja entrevistado na língua mencionada. E se fala, é bom ter também um CV pronto no idioma. Caso você tenha estudado tanto no Brasil quanto fora do país, mencione apenas o mais impactante: o estudo de idioma fora (intercâmbio)

3 – Quanto a sua tragetória profissional, vale mencionar apenas as quem possuem relevância com o cargo pretendido. Ou seja, nada de dizer que você já trabalhou em telemarketing sendo que você agora está numa entrevista para Gerente de Produção. E o que o recrutador quer ver em seu CV é o quanto você realizou e subiu de cargo nos lugares em que trabalhou. Então mencione apenas as atividades mais importantes na empresa, as realização mais relevantes e os cargos ocupados.

4 – Normalmente um recrutador não fica mais do que 6 minutos lendo um CV. Portanto seu CV tem de ser VENDEDOR. Uma página com um resumo geral ou dus no máximo (caso você tenha artigos escritos ou outras informações importantes)

5 – Caso você esteja desocupado por muito tempo, é sempre bom buscar conhecimento (por exemplo a FGV oferece vários cursos gratuitos). Se oferecer para trabalahr em alguma ONG também mostra que você não se acomoda

6 – Cuidado com os erros de gramática no currículo

7 – Sempre pesquise como deve ser um currículo, segundo a sua atuação ou cargo que almeja

Boa Sorte!

*Ronaldo Martins é consultor de carreira, estudiso sobre novas práticas de Recursos Humanos. Caso necessite de acessoria, seu contato é: ronaldo@easyhunter.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s